Páginas

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

VOCÊ É BRASILEIRO QUANDO?

1. Você compra um carro com mais de 10 anos de uso por mais de 10 mil e fica devendo mais de 20 mil para o banco.

2. Você compra um carro zero por 60 mil, assume uma dívida de 5 anos e só dirige nos finais de semana porque não tem dinheiro para a gasolina.

3. Você compra um carro que custa 10 mil dólares no exterior por 60 mil reais e se acha esperto.

4. Você reclama que carro zero desvaloriza muito depressa.

5. Seu carro já não tão zero vaza óleo e tem os pneus carecas porque você não tem dinheiro para a manutenção.

6. Você fica pagando o carro por mais 3 anos depois de roubado, porque não tinha dinheiro para o seguro.

7. Você viaja para o exterior e logo que chega sai procurando por restaurantes que sirvam arroz e feijão.

8. Você vai para o exterior fazer um curso de inglês e passa o tempo inteiro cercado de brasileiros.

9. Você estuda inglês por 5 anos e não se atreve a assistir a um episódio de Seinfeld, Seinfeld!, sem legendas.

10. Você compra roupas na Renner e na C&A.

11. Você passa a tarde de domingo no shopping, cercado de gente que usa as mesmas roupas que você, também compradas na Renner e na C&A.

12. Você usa perfume barato daqueles que imitam (tentam) perfume francês.

13. Você parcela tênis de marca no cartão de crédito.

14. Você paga a conta do McDonald’s com cartão de crédito.


15. Você paga o valor mínimo da fatura do cartão de crédito.


16. Você gasta uma fortuna comprando um Blu-ray e uma TV de alta-definição para assistir Dois Filhos de Francisco e novela da Globo.


17. Você passa mais tempo no SPC do que com o crédito em dia.


18. Você pede para a sogra “tirar uma TV nova” porque nem com o crédito em dia consegue comprar mais nada, já que só saiu do SPC porque suas dívidas com literalmente todas as lojas caducaram.


19. Você assiste a filme dublado porque “não consegue prestar atenção se tiver que ler”.


20. Você assiste a filme dublado porque não consegue ler rápido ou, mais provável, não entende o que lê, mas não admite



FURTEI do Geraligado


Nenhum comentário:

Postar um comentário